segunda-feira, 16 de novembro de 2015

A despachar-me para mais um dia de aulas de francês... Depois dos atentados da passada 6a feira...
Na 6a feira à noite, depois do meu irmão me ter alertado pelo Facebook o que se estava a passar, não "descolei" da TV, vi tudo em francês, obviamente, e noto que os avanços de compreensão desta língua são notórios.
Ainda ontem li um texto todo em francês e só depois percebi que a tradução em português estava nos comentários e tinha compreendido tudo na perfeição.
Infelizmente as tragédias, também têm a eficácia de nos obrigar a uma compreensão maior.
#peaceforParis


terça-feira, 3 de novembro de 2015

Aí o francês...

Há dias que fico desanimada... o francês é complicado, todas as regras todos os verbos, a conjugação, a fonética, as consoantes mudas... as terminações que se escrevem mas não se lêem... enfim, uma panóplia de coisas que ainda não assimilei...

Mas por outro lado, a esta altura do campeonato, já vou a todo o lado e faço tudo o que tenho a fazer, sem precisar da ajuda de terceiros, pois já compreendo grande parte das coisas e já me consigo explicar, embora ainda com algumas limitações. Por exemplo, ontem fui falar com o director da escola do filhote, para lhe pedir um certificado de matrícula, hoje fui às Finanças e à Segurança Social.

Há duas semanas, o marido cortou-se num dedo e como o sangue não estancava, decidimos ir ao hospital. Chegados lá, não havia ninguém na recepção... Havia a informação para ligarmos pelo telefone, que lá estava, para avisarmos da nossa presença... Ora, falar presencialmente é uma coisa, ter de pegar no telefone é outra... mas ainda assim, lá o fiz e lá expliquei o que se passava. O meu vocabulário francês, não é ainda muito extenso, mas já consigo contornar algumas coisas, por exemplo, não sabia dizer "dedo" disse "mão". 

Quando vim, ligava a TV e não percebia nada do que falavam... agora já vou percebendo muito mais coisas (se for com as legendas, é mais fácil, mas sinto que devo deixar as legendas de lado, porque a ler, não tenho dificuldades, a dificuldade é sobretudo no falar e no entender), sinto que já dei um "salto", quase 4 meses depois... 

Bem e ficam aqui as minhas pechinchas de hoje, os 4 cliques por 0.30€ e a tesoura também por 0.30€.


E estes foram os brindes de hoje, amostras de rebuçados Ricola, mais vale de 2€ e amostra do perfume da Lancôme, este sim, este é trés bon!




sexta-feira, 30 de outubro de 2015

Brindes da semana

Esta semana recebi uma amostra da Vichy, como podem ver uma caixa enorme para algo tão pequenino e uma amostra de um perfume, que não é mais que um cartão com o seu cheiro da Cartier.



Não sou propriamente mal agradecida, mas odiei o cheiro do perfume... típico das velhotas parisienses! :P

Hoje também fiz umas compras poupadinhas no Carrefour Market, total das compras 43.05€, poupança imediata de 10.93€ e mais um vale de 0.40€, sendo que finalmente consegui abater 7.35€ que tinha no cartão da loja (eles mudaram as normas e tive de ir solicitar um código pessoal para o cartão), sendo que paguei apenas 24.37€ dos quais, pedi ainda reembolso de 1.41€ à aplicação FidMarques e mais 2.23€ à aplicação Shopmium, ficando tudo por 20.73, ou seja, menos de 50% do valor total.

Desde Julho, já consegui receber em reembolsos, via transferência bancária o valor total de 26.79€, mais 9.27€ na aplicação Shopium em Paypal e ainda 19.40€, em modo de vales. Aguardo ainda receber os 3.64€ que mencionei hoje, mais 3.65€ de um vinho que comprei esta semana e cerca de 23€ do Leader Price.

terça-feira, 20 de outubro de 2015

Antikal Fresh - feed-back dos testes

Depois de ter usado os produtos é hora de vos deixar um feed-back, nem sei se eles já existem em Portugal.

Aqui o calcário comparando com a zona de Lisboa, está no topo da escala (no kit veio o teste de calcário e podem ver o resultado na foto) e tenho-vos a dizer que o Antikal funciona mesmo! 


Na torneira da banheira, do lado quente, aquilo estava branco do calcário, usei o gel e a torneira ficou quase como nova! Houve umas pequenas partes em que não consegui que aquilo actuasse, mas vou colocando aos poucos, que aquilo vai ficando melhor! 

Na cozinha usei o spray sobretudo no lava-loiças e até usei no copo da Bimby, é excelente e tem um cheirinho óptimo!

Fiquei impressionada pela positiva, nem sabia que existiam estes produtos, que realmente aqui fazem bastante falta e o preço (sem vales, claro) é de 2.90€ para a eficácia do produto e para o tipo de produto, nem considero que seja caro.

quinta-feira, 15 de outubro de 2015

A Internacionalização de Poupanças

A convite da "Poupar a Descontar", fiz um post no seu blog, sobre os vales de desconto em França.

Era algo que já estava falado há bastante tempo, mas só agora foi possível concretizar, se a adesão for boa, esta parceria poderá manter-se e haver mais posts dedicados à poupança internacional em França.

É dizerem de vossa justiça se vos parece bem.



terça-feira, 13 de outubro de 2015

Comprinhas de hoje

Ontem foi dia de receber no correio os folhetos semanais (às vezes são quinzenais) e depois de procurar nos mesmos, coisas que precisava e me interessavam, hoje fui buscar umas coisas com bons preços.



A recarga de Ambipur descobri numa loja que vende coisas descontinuadas que há em vários locais em França e onde se conseguem boas pechinchas, chama-se "NOZ" e ficou 0.99€, em geral por cá, passa os 5€ e em Portugal lá de vez em quando, conseguia estas recargas por 5€ dois packs. Foi pena só haver um pack.
Os pensos diários Vania custam 2.70€, com desconto imediato de 50% e mais um vale de 1€, vieram por 0.35€.
O desodorizante sanitário Canard (WC Pato em Portugal) custa 2.30, estava com menos 0.69€ em cartão e eu tinha um vale de 0.80€, ficou por 0.81€.
E por fim, o pack de gelados Milka, que custava 2.89€, estava com menos 70% em cartão, veio por 0.11€.

Consegui então trazer coisas no valor de 12.89€, pelo preço de 2.26€. Trés bien, n'est pas? :)

quinta-feira, 8 de outubro de 2015

Coisas daqui e dali...

Há coisas que só depois dos 40 anos damos valor...
Hoje descobri que gosto da aurora do local onde moro agora, desde que não haja chuva, o frio não me incomoda tanto... O cheiro matinal de lareiras mal apagadas, a bruma no fim do caminho, o sol a erguer-se no horizonte, a neblina ao fundo...

Depois de ter deixado o cuquito na escola, que agora insiste em ir de trotinete, passei pela loja dos senhorios, porque pedimos alteração do contador de electricidade, para um contador bi-horário e como o falar ao telefone é complicado, eles disponibilizaram-se para o fazer, mas marcaram para uma sexta-feira, dia em que estou em no curso e lá fui eu pedir para marcarem para outro dia.
Estive a falar com ela, e é complicado por vezes exprimir-me, mas lá me faço entender. Ela explicou-me que não lhe deram alternativa do dia e que podia deixar-lhe a chave, que ela vinha acompanhar a mudança do contador.
Expliquei-lhe que saía por volta das 8h30 e que primeiro ia levar o rapazinho à escola e que só depois lhe podia deixar a chave.
Depois vim a casa e peguei numa carta do antigo arrendatário (que não está cá desde Outubro ou Novembro de 2014), e fui a pé até aos correios de cá, colocar a carta no marco, com a indicação de que aquele destinatário era desconhecido nesta morada.

Pelo caminho, apercebi-me que realmente damos valor a estas pequenas coisas com esta idade, seria tão diferente se tivesse vindo para cá há 20 anos atrás... não sei se melhor, se pior, mas ocorre-me que é triste depois de ter vivido metade da minha vida no meu país e agora me tenha visto obrigada, a sair em busca de um futuro melhor.

A língua continua a ser uma barreira, mas vou dando valor às pequenas vitórias, como conseguir falar com os senhorios. Esta semana também abordei o professor do cuquito, pois de vez em quando vem um recado para casa, a pedir que assine os cadernos e eu não compreendia o propósito daquilo e pensei que fosse para nos dar conhecimento do trabalho realizado. Mas quis confirmar e lá confirmei, numa breve conversa de 5 minutos com o professor.

Esta semana também mudámos de médico e lá estive eu a falar com o médico, sendo que para mim seria a primeira escolha, a mandato da Segurança Social, pois aqui somos nós que escolhemos o médico de família e como eu vim para o médico, que fica a dois passos de casa, pedi-lhe também para passar a ser o médico do marido. Como ele não conseguiu fazer essa mudança online, pediu-me para imprimir o formulário em casa e ir lá depois para ele assinar. 
Esta mudança de médico, implicou dar conhecimento à escola desta alteração, então ontem mandei um recado à professora a dizer que mudámos de médico e qual era agora e se esta informação era suficiente ou deveria formalizá-la doutra forma.
Quando perguntei ao rapazinho o que disse a professora, ele disse-me que ela tinha dito que estava bem assim. E depois ele perguntou-me "Mãe, escreveste em francês?" e eu disse-lhe que sim, obviamente e ele acrescentou "Ah! O maître ficou impressionado!", eu disse-lhe, "então já disseste ao teu professor que a mãe anda a estudar o francês?" e ele disse que sim.

O que é certo é que a bem ou a mal nos vamos safando. Mas sinto que não é suficiente... Bem sei que passou pouco tempo, mas sofro do mesmo síndrome do meu filhote, ambos achamos que a esta altura já devia estar tudo aprendido...

Bem, mudando de assunto, aqui também vou recebendo umas coisinhas boas de vez em quando, esta semana chegaram estas amostras.


sábado, 26 de setembro de 2015

Os 100% de Hoje

Há coisas que dão um bocadinho de trabalho, mas acho que no fim, esse trabalho compensa...
Fui buscar algumas coisas em que tive descontos, que se dividem em descontos imediatos, em descontos em cartão ou em descontos reembolsáveis.
Nada de novo para quem já anda neste sistemas há algum tempo. Passei pelo Carrefour e trouxe os iogurtes que estão na imagem abaixo, com um crédito de 0.15€, pois estavam com 50% de desconto em cartão e usei um vale de 1.70€. Estes iogurtes são óptimos para guloseimas ou para molhos.
No Carrefour gastei o total 16.11€, fiquei com 4.46€ acumulado em cartão e pedi ao Shoppium reembolsos no valor de 2.69€, pode-se dizer que as compras ficaram por menos de 9€.

Depois fui ao Leader Price à operação 100% Reembolsável, buscar o que de resto vêem na imagem, no valor de 23.41€.
É certo que já paguei e podem levar até 3 meses a reembolsar por transferência , mas acho que 23€ (e só trouxe o que realmente me interessou) é uma boa poupança, em coisas que usamos diariamente e se gastam com facilidade. O trabalho de ter de copiar todos os códigos barra, para o folheto, é algo que não me chateia nada! Por mim podiam fazer operações destas, todos as semanas! Pronto, meses... já era bom! :)

Ainda estou a aguardar alguns reembolsos, tirando os de Pay Pal, que são em 2/3 dias, os de transferência bancária são demasiado demorados... :( Mas quando começarem a chegar devem vir todos juntos!


sexta-feira, 25 de setembro de 2015

Coisas boas ao chegar a casa!

É tão bom chegar a casa e encontrar na caixa do correio estas coisinhas!
Recebi os vales do passatempo da Maped, válidos até 30 de Junho.
E chegou o Antikal da qual vou ser embaixatriz, nos próximos dias, com o spray e o gel, 20 vales de 1€ e 20 testes de calcário, teste proposto pelo Envie de Plus, o Para Mim francês.




O que me deixou curiosa foi como enfiaram o pacote dentro da caixa de correio... será que eles aqui têm todas as chaves do correio? Existe uma chave mestra para as caixas de correio? :P Voilá, assim fico bem descansada quando tenho de receber algo mais volumoso e não estiver em casa, como foi hoje o caso! Não sei como fazem, mas parece-me bem!

Agora é testar e ir publicando o que é devido.

sexta-feira, 18 de setembro de 2015

Trânsito

Percebo que aqui tenho qualidade de vida, quando para entrar às 9h, tenho de percorrer 14 km e consigo faze-los em 10/15 minutos, sem trânsito e sem atrasos.
Em 10 km, da aldeia até entrar na cidade, cruzei-me apenas com dois outros veículos.
Gosto disto e sim, isto agrada-me porque o trânsito em Lisboa, deixava-me doida!



quarta-feira, 16 de setembro de 2015

Sites de testes de Produtos

Sei que ainda não dediquei um post a este assunto, não tenho tido muito tempo e também me tenho ido inscrevendo à medida que eles me surgem nos feeds e por aí.
São bastantes e nem sei enumerá-los. Já me inscrevi nalguns, sendo que muitos deles não são apenas sites testes de produtos, mas fazem partes também daqueles sites com vários questionários e muitas vezes para testarmos produtos, basta que nos inscrevamos na página de determinada marca e nos inscrevemos como embaixadores de testes.

Já me inscrevi em alguns sites ou em algumas marcas, desde há duas semana para cá e hoje recebi o aviso que vou ser embaixadora de um dos produtos e é tão bom receber produtos assim, a custo zero, ainda mais sabendo que este é um que me vai dar bastante jeito, pois é um produto anti-calcário e o que não falta aqui em França é marcas de calcário por toda a parte, casa de banho, cozinha... 
Aqui está o produto:



E este é o projecto:

Antikal Fresh : un nouveau projet du Cercle Ambassadeurs


La rentrée est vite arrivée et nous la célébrons avec Antikal Fresh : un anticalcaire qui allie la puissance d’Antikal à la senteur fraîche de Febreze.

10 000 Ambassadeurs vont avoir l’opportunité de tester le Gel et le Spray Antikal Fresh pour lutter contre le calcaire et ensuite les faire connaître à leur entourage.
Leur formule puissante permet d’éliminer le calcaire en toute facilité et d’apporter brillance et protection longue durée à la plupart des surfaces tout en laissant une agréable odeur de fraîcheur grâce au parfum Febreze.
Durant 4 semaines, nous allons :
  • tester, avec 9 999 autres Ambassadeurs, la puissance anticalcaire d’Antikal Fresh alliée à la fraîcheur de Febreze.
  • faire découvrir à notre entourage les produits Antikal Fresh et partager avec eux des bons de réduction.
  • tester la dureté de l’eau, pour évaluer la teneur en calcaire de l’eau que nous utilisons tous quotidiennement.
  • répondre aux deux sondages de projet afin de communiquer nos impressions et celui de nos proches à l’équipe d’Antikal.

O site em questão é o enviedeplus.com, é o irmão do Para Mim, em Portugal. E claro, há que fazer publicidade a estas coisas, é por isso que nos entregam os produtos.

A informação disponível sobre o produto é esta:

Antikal Fresh
Pour éliminer efficacement et pour longtemps les dépôts de calcaire avec la fraîcheur de Febreze.
Caractéristiques essentielles :
• La puissance d’Antikal alliée à la fraîcheur de Febreze.
• Élimine le calcaire en toute facilité.
• Protège longtemps contre la formation de calcaire.
• Convient à la plupart des surfaces de la salle de bains et de la cuisine.
• Fait briller les surfaces.
Prix conseillés :
• Spray Antikal Fresh (500 ml) : 2,90 €* (acho que não é caro, se cumprir aquilo a que se propõe!)
• Gel Antikal Fresh (500 ml) : 2,90 €*
Disponibles dans la plupart des supermarchés.
Prix conseillés, le distributeur étant libre de fixer ses prix.

Resumindo estou contente por ser embaixadora de um primeiro produto aqui em França!

terça-feira, 15 de setembro de 2015

Primeiro dia de Formação

Ontem foi o primeiro dia no curso de francês.
E continuo a dizer que quem não tem o mínimo de noções de francês, é muito complicado, já que trabalhamos muito as conjugações, os verbos, os diferentes modos de colocar as questões (isto é óptimo, se não soubermos de uma maneira, saberemos de outra), também a leitura e a pronúncia.

Ao que parece todas as semanas há pessoas novas, há pessoas a entrar e a sair do curso, também sabemos que quem falta fica excluído, uma vez que a lista de espera é grande e a formação é suportada pelo centro de emprego, relativamente a quem tem subsidio, como acontece em Portugal, ou pelo estado francês, como vai ser o meu caso, uma vez que não tenho rendimentos, as horas de curso são pagas a valor simbólico.

Então na turma de ontem estava um francês, creio que a fazer alfabetização, esse tem o seu próprio ritmo e o trabalho, é diferente do trabalho efectuado com os estrangeiros a aprender o francês, um português mais novo, o mesmo que estava no dia do teste de nível, uma espanhola, um espanhol, uma boliviana e uma vietnamita e da parte da tarde, veio outra espanhola. A vietnamita, coitada, já é uma senhora mais velha e é muito complicado porque ela não percebe quase nada. A formadora bem puxa por ela, mas sendo que, connosco, ela sabe espanhol e português, consegue sempre aproximar-se de nós e explicar alguma coisa, que não entendemos, com a vietnamita é diferente, porque a formadora não domina o vietnamita.

Ela conferiu comigo o teste efectuado, tinham-me colocado num nível acima (vai-se lá saber porquê, até parece que eu falo e entendo grande coisa, creio que foi no B1 e no B2 noutra área) e ela ajustou quase tudo para o nível A2, mas na próxima aula vou ver o dossier e conferir se estou nesse nível em todas as áreas, creio que sim e creio que é de facto, o que mais se adequa.



Ontem a aula desenrolou-se à volta dos verbos do 1º grupo, eles aqui têm uma carrada de verbos e uma grande maioria é composta, para mal dos nossos pecados, mas eu vim prevenida de Portugal e este aqui, veio na bagagem:


Como eu resolvi acabar primeiro que os outros, os exercícios, já que a leitura e a escrita (com alguma ajuda ou recursos, claro) não representa para mim uma dificuldade de maior, ela deu-me, apenas a mim, os adjectivos possessivos para estudar.
Depois treinámos a leitura (desgraça total!), as nacionalidades e as profissões. No meio fomos treinando os sons de algumas letras ou sílabas. Parte da última ficha, ficou por fazer... eu perguntei se era para fazer em casa ou para fazer na próxima aula, ela disse-me logo que era como eu queria, que não mandava trabalhos de casa, cada um geria o seu próprio tempo, e que eu era demasiado activa e que já tinha percebido que ia andar sempre à frente dos outros... e de repente percebi que a professora do filhote em Portugal, se queixava disso... ups... parece que nalguma coisa sai a mim! :D

sexta-feira, 11 de setembro de 2015

Reunião Escolar

Ontem foi a reunião escolar da escola do filhote.
Começou por uma introdução ao corpo docente e direcção, apresentaram o plano delineado para o ano lectivo e as associações que estão em cooperação permanente com a escola.
Fui eu e o marido, muitas das coisas não percebemos, mas é importante estarmos lá e verificarmos em que condições está a vida escolar do nosso filho, embora a comunicação seja ainda complicada, o que ouvimos deu para ter uma ideia que apesar de estarmos numa pequena aldeia, há vida social bastante activa na escola e isso é importante para que o filhote se sinta integrado.
Depois da apresentação geral, foi a reunião com cada um dos professores de classe. A turma em que o rapazinho está, tem dois níveis, o que não facilita as coisas e depois ainda há situações como a dele, em que o domínio da língua é um handicap.



Devido a ser a turma menos homogénea da escola, foi colocado um professor extra na aula, para ajudar os alunos com maiores dificuldades, onde obviamente o nosso filho se insere, pois não domina de todo o francês. Ontem de manhã, tive a oportunidade de falar com esse professor, que não se encontrava na reunião à tarde. 
Disse-me que apesar de ser difícil para ele, os objectivos a que era proposto estavam a ser alcançados e que ele era um menino sério e concentrado, quando era para trabalhar e que estava disposto, a aprender. Claro que fiquei contente com estas novidades.
A professora, disse-nos para não nos preocuparmos que até ao Natal as coisas iam melhorar consideravelmente, porque se ele acompanhava a turma do 4º ano na matemática, se conseguisse acompanhar a do 3º ano no francês, já seria muito bom. E como ela disse várias vezes petit a petit, vamos lá.
Para nós é importante estas interacções com os professores e sentirmos que eles estão disponíveis para falar connosco. Em Portugal, o filhote era um dos melhores da turma, aqui por enquanto não poderá se-lo, mas com o nosso apoio permanente e sendo que sei que tenho um menino inteligente e do qual me orgulho, sei que vai conseguir superar bem as suas dificuldades. Estaremos sempre aqui para o apoiar. 

quinta-feira, 10 de setembro de 2015

Formação quase a começar

Hoje foi o dia em que fui ao Instituto de Formação, fazer um pequeno teste de nível de francês.
Na semana passada ligaram-me para lá estar hoje, para me darem mais informações sobre o inicio do curso de francês.

Confesso, que de cada vez que o telefone toca e não conheço o número, é um desatino, porque falar ao telefone em francês, ainda não é nada fácil (e mesmo sem ser ao telefone...). Mas lá consegui entender que era para marcar para hoje, às 10h e à hora marcada lá estava eu.

Além de mim estavam mais 3 portugueses, um rapaz bem mais novo, na ordem dos 20 e poucos anos, uma moça de 30 e poucos e outra senhora que devia ser um pouco mais velha que eu.

Quem não souber o mínimo de francês, é muito complicado, já que falam somente e apenas em francês. A esta altura penso que foi bom ter tido aqueles 3 aninhos de francês na escola, mas que fui imensamente burra, em ter mudado para alemão e que podia saber um pouco mais... mas pronto, nunca sabemos o que o futuro nos reserva.



Segunda-feira começo então o curso, vão ser 2 vezes por semana, o dia inteiro e vai até dia 18 de Dezembro. O melhor disto é que como eu não recebo nada, me vão pagar uma pequena bolsa de formação, não deve ser muito, mas o que vier é bem vindo. O plano de aprendizagem é de 196 horas, não é muito, mas espero que seja uma rampa de lançamento para começar a dominar a língua.


sábado, 5 de setembro de 2015

La Rentrée... sobrevivemos à primeira semana!

Esta semana foi uma semana repleta de novidades e alguma ansiedade.
Na terça-feira começou a nova vida do filhote com o inicio do ano lectivo. Viemos há quase dois meses, mas ele andava em modo de negação... não queria aprender francês, dizia que não entendia nada do que eles diziam, que queria voltar para Portugal, enfim... nunca deixámos que isso tivesse grande importância e sempre que podíamos, tentámos aproximá-lo de outras crianças, que de uma forma geral, dominassem ambas as línguas.

O motivo que nos levou a ficar na localidade onde estamos, foi somente o facto de saber que ele iria para uma escola onde há crianças que falam português e em principio ficaria na turma de um menino que já conhecia. E assim foi.



Entrou directamente para o ano que iria, se estivesse em Portugal, ou seja, para o 4º ano, que aqui é o CM1, sem necessidade de testes ou qualquer prova, além do certificado que trouxe que traduz as habilitações dele, obtido na Allianz Française em Lisboa, através do Instituto Campus de France, atestado pelo Embaixada de França em Lisboa.

Ao que parece a adaptação está a ser boa e a decorrer sem incidentes, é claro que isto ainda vai demorar algum tempo, mas ele não se queixa, não diz que não quer ir, não bate o pé a dizer que não percebe nada e que não quer aprender. Quando o vamos buscar questionamos se correu bem (como já fazia em Portugal), ele tem dito sempre que sim e conta como correu e como passou o dia, apenas tem reclamado da comida, principalmente das entradas, pois aqui não há sopa e as entradas, são tipicamente francesas. 

Estou agradavelmente surpreendida, pois pensei que os primeiros dias fossem complicados, mas o meu menino lindo tem-se portado bem e tem estado à altura do desafio! 
Espero que quando começarem a vir trabalhos de casa, na área do francês, isto não dê em dores de cabeça...

De qualquer forma, estou muito orgulhosa do meu cuquito!

sexta-feira, 4 de setembro de 2015

Borla do dia!

Por aqui também ando sempre atenta aos sites, que divulgam poupanças e acumulações.

Hoje consegui esta borla:




Valor do produto no Intermarché é de 1,83€ - 50% de desconto imediato = 0.91€, com um vale de 1€, impresso aqui, houve um crédito do 0.09€ a favor de outras compras.
A Ajax faz parte da Colgate-Palmolive, se for como é em Portugal, basta este registo para começar a receber as ofertas deles.

quinta-feira, 3 de setembro de 2015

Bancos em França - Parte II e Parte III

Parte II

Conforme disse, no nosso netbanking de França, não havia a possibilidade de fazer transferências interbancárias.
Depois de pesquisar como conseguia ter o NIB de Portugal, na conta de cá, encontrei no site do banco uma informação sobre isso. Dizia que bastava que consultássemos o nosso gestor de conta e solicitássemos a introdução desse NIB no acesso da internet.



E lá fui ao banco pedir que o fizessem. Resposta de quem lá estava: "Não é possível, tem havido muitas fraudes e sempre que quiser fazer uma transferência tem de vir ao balcão." Argumentar em francês não é de todo o meu forte... mas eu não sou de calar e comer...
Como precisávamos mesmo de efectuar a transferência, nessa altura, pedimos que a fizesse no balcão e o custo da mesma foi de 3.55€, ora, isso vezes 12 meses, dá 42.60€, muito dinheiro, contra os 12€, anunciados por transferência via netbanking...

Chego a casa e imprimo a página da internet que dizia que podíamos solicitar a introdução do NIB no netbanking, mas antes disso envio um email ao gestor de conta a perguntar se nos podia receber para tratar dessa questão, assim como do pedido de cheques e do seguro escolar do miúdo.
Ele respondeu que não estava disponível no dia que podíamos, mas que qualquer colega nos podia atender.

Lá fui eu munida da página impressa e chego lá e digo: "Quero isto!" E pronto, eles lá trataram disso... e conseguimos tratar do resto que também precisávamos. Os cheques foram enviados para casa, sem custos, coisa rara e ao contrário dos actuais em Portugal, não têm data de validade.
Para que queremos cheques? Coisa arcaica e que não usava há anos e anos... porque aqui o sistema de pagamento privilegiado é o cheque! As contas da escola do miúdo (almoços e CAF) é pago por cheque, assim como a inscrições em actividades, etc.


Parte III

O pior foi quando cheguei a casa e o NIB de Portugal continuava a não constar no acesso do homebanking...
Esperei uns dias para que viesse algum código para casa, porque percebi que tinham efectuado o contrato de junção do NIB em meu nome e não do marido, sendo que o acesso que estávamos a usar era o do marido, pois nunca tínhamos chegado a configurar o meu. E ainda no banco, questionei sobre isto e disseram-me que sendo a conta a mesma, não havia problema, mas durante estes dias, no acesso do marido, o NIB de Portugal nunca apareceu.

Como não havia meio de chegar nenhum código, ontem fui vasculhar novamente os papéis que me tinham entregue no banco e lembrei-me de ir vasculhar o arquivo do marido, à procura dos códigos iniciais de acesso... códigos com 2 anos... mais precisamente de Março de 2013... tentar não custa! Et voilá! O código deu e o NIB aparece no meu acesso!

Não percebo a lógica disto tudo, mas pronto, o que me interessa é que já consigo fazer o que preciso, sem ter de ir aos bancos todos os meses para transferir dinheiro e pagar muito mais por isso. De acordo com o tarifário, conforme já disse, estas transferências são cobradas a 1€, no entanto, até agora ainda não houve essa cobrança, vamos a ver se não me surpreendem pela negativa!

quarta-feira, 2 de setembro de 2015

Questionários Remunerados

Andei a investigar esta questão, uma vez que em Portugal estava inscrita em diversos sites deste tipo que têm várias formas de recompensa pelas respostas aos inquéritos.
Podem recompensar em prémios, em dinheiro (transferência bancária ou Paypal) ou em vales de oferta.



Pelo que pude ver aqui há bastantes, vou deixar os links dos que me inscrevi:

- Global Test Market - recompensas em Paypal, cartões presente ou doações, este site também existe em Portugal;

- Panelia - Catálogo de prémios à escolha, troca de pontos, muito parecido com o Nicequet de Portugal;

- Valued Opinions - cartões presente;

- Maximeles - este ainda não percebi muito bem como funciona, porque as "milhas" são ganhas se fizermos compras nos parceiros seleccionados, estou inscrita, mas não sei se irei continuar, pois o conceito não é exactamente o de responder a questionários, mas mais de efectuar compras...

- Opinion Bar - este é muito parecido com o Future Talkers (e também temos de ser rápidos a responder, senão chegamos lá e o questionário já se encontra fechado!), a cada questionário é atribuído um valor, ao fim de 10€ podemos pedir o reembolso por transferência bancária;

- MySurvey - este é fidedigno, pois pertence à Kantar, muito intuitivo e prático, as recompensas são feitas por trocas de pontos em cartões presente ou Paypal. Supostamente só se entra por convite, mas eu fiz o registo sem qualquer problema.

- Place des Opinions - igualzinho ao "Mundo de opiniões", mesmo logotipo e tudo! Ainda não consegui concluir o registo...

- Acop - Este site é gerido por americanos e o melhor é que podemos responder a tudo em português, as remunerações podem ser em cartões presente, dinheiro ou em produtos.

- Sondages Comparés - este pelo que percebo é um agregador de sites de questionários, quando me inscrevi perguntou-me em quis já me tinha inscrito e em seguida enviou-me os que ainda não tinha inscrição efectuada. Será talvez o melhor site para começar as inscrições.

- Painel Institut - pode ser muito bom, mas tendo em conta que para validar a inscrição precisamos de pagar 3€, para enviarem um código por sms, o que fiz foi eliminar a conta de imediato.

- Hiving - Igual ao português, muita parra pouca uva...

A verdade é que desde que me inscrevi, recebo mails de questionários às paletes, mas os que me parecem ser melhores são os do Opinion Bar.
A par disto há os sites que nos permitem testar gratuitamente produtos, fica para outro post.



quinta-feira, 20 de agosto de 2015

Reembolsos conseguidos

Como ainda não há trabalho à vista, tenho dedicado algum tempo à questão das poupanças.

Estive a verificar e em Paypal já fui reembolsada em 4.83€, na aplicação Shopmium (da qual já falei) e ontem encontrei uma nova que é o C-Wallet, Promotions Gratuites, que permite imprimir cupões, juntá-los aos nosso cartões de fidelidade de alguns hipermercados (apenas dois, para já, o Intermarché e outro que não me lembro, porque também não tenho e não há por aqui perto) ou fazer o reembolso por Paypal ou conta bancária, scaneando o código de barras do produto e fotografando o talão de compras.



Eu prefiro ser reembolsada em Paypal, porque assim sempre que vou ao Ebay, tenho fundos. :)

Ontem andava eu a ver estas coisas, quando me apercebi que comprei um produto, para o qual havia vale e eu não sabia... já comprei esse produto há bastante tempo e depois percebi que podia pedir o reembolso por Paypal... a sorte é que eu não deito logo os talões fora, que aqui são imprescindíveis para pedir os reembolsos e lá fui eu buscar o produto (que felizmente não era alimentar e o consumo não é imediato) e lá andei na gaveta à procura do talão e voilá! 
Pedido de reembolso efectuado e já recebi a validação!

Também já recebi por transferência os 15€ do aparelho TDT, foram bastante rápidos, mas dos outros ainda não tenho noticias.

Entretanto, comecei agora a ver como é para testarmos os produtos e registei-me agora no Envie de Plus, que é o site da Procter & Gamble português, e onde nos podemos tornar embaixadores de determinados produtos, há muitos mais, mas ainda não tive tempo para mais.

segunda-feira, 10 de agosto de 2015

Primeira candidatura a emprego

Não é nada de especial, eu sei... mas vou-me contentando com estas pequenas vitórias.
Recebi por email a primeira oferta de emprego do Centro de Emprego. Há quem se queixe de nunca ter recebido nenhuma, em meses... em pouco mais de uma semana recebi uma e já respondi, claro!
Agora se me chamam, isso já outra questão, mas a minha proposta foi submetida à consideração deles.
O emprego não é nada de especial e é em tempo parcial, mas o que vier será bem vindo.



Ah! E para que fique registado, ando estudar o francês, mesmo sem ter iniciado o curso.

Na semana passada fui entregar a documentação para formalizar a inscrição escolar do filhote e a senhora perguntou-me há quanto tempo cá estava, porque já falava bem o francês. O meu ego ficou em alta, claro, mas tenho noção que o que sei é muito pouco, mas sei que sou esforçada e que a minha determinação, me vai levar até onde preciso.

domingo, 2 de agosto de 2015

Poupanças


Ainda não são muitas, mas são algumas...

Tenho usado alguns vales, sobretudo na compra de queijos, iogurtes e algumas bebidas, no entanto, a validade dos vales que trouxe, começa a chegar ao fim...

Mas andei a descobrir os reembolsos...

Uma vez que a TV aqui só emite em TDT, apesar das televisões novas terem o TDT, a recepção é melhor com o aparelho e optámos por comprar um. Comprámos na Conforama e na loja não havia uma indicação sobre qualquer reembolso, mas antes de comprar na loja, tinha andado a cuscar os aparelhos online, et voilá, tinha descoberto que havia um, que tinha o custo de 39.99€, (preço idêntico a todos os outros aparelhos e em outras lojas, da gama mais baixa), mas que era possível pedir o reembolso de 15€. E transformou-se no meu primeiro pedido de reembolso, segundo o regulamento a transferência bancária, poderá realizar-se até 30 de Outubro.



Na minha procura sobre estas questões, percebi que não há grande diferença da forma como os reembolsos são pedidos aqui e em Portugal. Em geral, é necessário um impresso próprio, quase sempre é necessário o talão de compra original, o código de barras original e enviar um NIB.


Esta semana também descobri este gelado delicioso, que desapareceu num abrir e fechar de olhos. Pedi o reembolso de 20%, do valor do mesmo na Aplicação Shopmium - Promotions Privées e como trouxe a única caixa da arca congeladora que tinha a menção de 100% Remboursé, descobri que ainda consigo pedir, o valor total do mesmo em vale de desconto e pronto, lá vou ter um 120% (menos o valor do selo), que chatice! :P



E como não há duas sem três, descobri que numa loja de material de papelaria, a Bureau Vallée, estavam a reembolsar alguns artigos para a reentrada escolar. Aqui senti-me um pouco enganada, porque os impressos não estavam disponíveis, sem ser por pedido e no material que tinham identificado na loja, como sendo o de reembolso, houve 3 artigos cujo o código de barras, não é coincidente... logo, não é o produto reembolsável.

Ainda assim, vou conseguir o reembolso de 5.79€ e vou tentar ainda mais 2.60€ de outro material (porque para poder enviar o talão original para um lado, não posso enviar para outro e tento com uma cópia). Como só pude confirmar isto à posteriori, já em casa, com o impresso, não me apercebi logo que os outros artigos, não eram os correctos.


De qualquer forma, fico sempre feliz com estas pequenas poupanças. :D

sexta-feira, 31 de julho de 2015

Ida ao centro de emprego




Tal como tinha indicado, depois de me registar no centro de emprego francês, foi-me marcada uma entrevista, ou seja, como aqui dizem, um rendez-vous, sendo que aqui há rendez-vous para tudo e mais alguma coisa.
E hoje, lá fui eu. Não sei se, da ansiedade, mas mal consegui dormir esta noite, levantei-me cedo, porque o centro de emprego ainda fica a 20 minutos de carro, porque aqui não há nenhuma CRIL, CREL ou 2ª circular e é tudo pelo meio das terrinhas, despachei-me, peguei no rapazinho e fiz-me ao caminho.

Não tinha ninguém que dominasse o francês para poder ir comigo e na verdade, também não quis chatear ninguém. Achei que ia dar conta do recado sozinha e dei.

Assim que fui chamada, disse logo ao senhor que falava apenas "un petit peu de français". E lá me fiz entender, o que era mais complicado, recorri ao tradutor do telemóvel e o senhor, simpático e atencioso, fez-me a inscrição, disse-me que estava em falta o modelo U1 de Portugal (não sei bem porquê, porque não pedi subsídios nenhuns) e o número da Carta Vital (como o nosso n.º de Segurança Social), que está pedido, mas ainda não recebi.

Ele verificou o meu CV todo, completou a inscrição da internet e confirmou todos os dados  já introduzidos anteriormente por mim, colocou a minha experiência profissional e no meio disto, escrevi no telemóvel, que o mais importante era conseguir uma formação de francês. Tinha sido alertada para o facto de que habitualmente eles não inscreviam ninguém nos cursos de francês, que apenas davam as coordenadas para nos irmos lá inscrever, a verdade é que vim de lá com a confirmação de uma inscrição, embora tenha de aguardar pela marcação de um rendez-vous no Instituto responsável.

Colocou no meu plano de procura de emprego, que a aprendizagem do francês era essencial, para que pudesse prosseguir procura de emprego, na área da minha experiência profissional, assim sendo, a prioridade do centro de emprego, é que eu também faça essa aprendizagem.

Resumindo, quem tem boca vai a Roma e bem ou mal, consegui o que pretendia e desenrasquei-me! Je suis fière de moi même! :D

sexta-feira, 24 de julho de 2015

Bancos em França

Portugal está muito à frente no que concerne ao sistema bancário e falo muito a sério!
Pode haver desfalques, pode haver desvios, mas ao cliente bancário é dada uma liberdade de movimentações e uma simplicidade de utilização fascinante, face ao que é possível em França!

A verdade é que França quer controlar todos os movimentos bancários e as restrições são absurdas! Se consegue efectivamente controlar? Quanto a mim não, é tudo uma ilusão... eles pensam que sim...

Antes de sair de Portugal transferi um montante da conta à ordem para cá, no netbank, como essa transferência fugia aos movimentos habituais, recebi uma chamada do banco para validar a mesma, o que acho importante e o que atesta, que afinal não é exactamente tudo à balda.

Contactei o meu gestor de conta a informar que vinha de vez e quais os procedimentos a ter em conta, sendo que para pagamentos mensais alocados à minha conta em Portugal, iria fazer uma transferência mensal, pensava eu, programada...

Depois de ter vasculhado os papéis todos do marido à procura do código de acesso à conta francesa no homebanking, que, ao final de umas horas e de ter verificado umas três vezes um dossier, lá o encontrei, deparo-me com uma situação surreal no homebanking da conta francesa...

A nossa conta cá é constituída por duas contas, sendo que em Portugal também há este tipo de contas, pelo menos o antigo BES, tinha esta modalidade de contas. E qual o meu espanto quando percebo que as transferências possíveis são apenas entre estas e somente estas, duas contas.
Resumindo, o acesso do homebanking aqui só serve para consultar os movimentos e mais nada!
É claro que pesquisei sobre o assunto e podemos ir ao nosso conselheiro do banco e pedir para ser colocado um novo IBAN no nosso acesso reservado, alegam eles que funcionam assim apenas por razões de segurança... e apetece-me dizer "e a otária sou eu?"

Eles nem sonham o que podemos fazer com os nossos simples MB e sim, neste aspecto sinto-me a regredir uns 30 anos...

quarta-feira, 22 de julho de 2015

Instalada...

Bem sei que tenho estado ausente, mas outras coisas têm ocupado o meu tempo.

Desde o dia 10 de Julho, dia em que viemos de vez, tenho andado ocupada, mas sem grandes novidades.

Já consegui pedir o meu n.º de segurança social francês e o do filhote, através do n.º do meu marido, mas ainda aguardo que me seja enviado. A formalização da inscrição escolar do filhote está pendente desse n.º, uma vez que é ele que permite a inscrição efectiva na escola e o pedido do seguro escolar obrigatório. Já fomos espreitar as turmas e pelo que podemos verificar, na turma dele existem pelo menos 4 portugueses, o que é muito bom.

Inicialmente pensei em ir buscá-lo para vir almoçar a casa, já que devo ainda estar por casa e poupava esse dinheiro, no entanto, já nos avisaram, que as duas horas de almoço, são fundamentais para o convívio e a aprendizagem da língua, e contra factos não há argumentos... já lhe explicámos essa questão e ele acedeu, tendo compreendido a importância dessa aprendizagem.

Hoje fui ao centro de emprego e aqui, como aí, é chutar para canto... "faça a inscrição pela internet", ora se soubesse que assim era, não tinha perdido tempo a lá ir e já a tinha feito. Mas já está feita e já tenho a entrevista marcada para a semana. 
Se não conseguir que ninguém, que saiba falar francês, vá comigo, vou mesmo sozinha, quero lá saber!

Também já sei onde me posso ir inscrever para tirar um curso de francês, mas mais uma vez estou dependente do n.º da segurança social e do n.º efectivo da inscrição do centro de emprego, que não percebi se enviam para casa ou não, mas também só devo saber quando tiver a entrevista.

E agora novidades? Novidades parece que só no Continente, por aqui muito poucas... apenas muito, mas mesmo muito, calor (meu rico ar condicionado!) e com o calor muita bicharada que eu dispensava! E muita limpeza doméstico... serve para compensar o exercício que não tenho feito, no ginásio!

quarta-feira, 8 de julho de 2015

Pensamento constante: Poupar!



Como menciono na descrição do blog, poupar sempre esteve na ordem dos meus dias e sendo que já passei por algumas dificuldades financeiras, adoptei a ideia de poupar como um estilo de vida.
Assim, descobri que nem sempre as marcas brancas se traduzem em poupança e que se pudermos ter marcas de qualidade por menos dinheiro, tanto melhor.

Em Portugal, descobri este mundo, e com este mundo descobri também, algumas pessoas fantásticas que partilham destes ideais e reconhecem a adrenalina de comprar a baixo custo, ou muitas vezes, sem qualquer custo! Em França, comprar sem custo ou com desconto de 100% é mais difícil, mas comprar com desconto está ao alcance de qualquer pessoa que se dê ao trabalho de procurar os respectivos descontos (tal como em Portugal). 

Na imagem estão os vales que me vão acompanhar no primeiro mês, estes vão comigo e lá vou ter de gerir, mediante a consulta prévia dos catálogos os vales que vou imprimir (daí que o facto de ter de levar também a impressora, seja uma condição imprescindível!) e ter em conta que a validade dos vales em França é sempre um mês a partir da data da impressão. O ideal é ter uma impressora que imprima a baixo custo. 
Vou munida com uma impressora que foi oferecida, imprime a laser e consegui comprar na OnBit (passo a publicidade), tonners para 2500 impressões por 10€.

Aqui em Portugal, como tinha a vantagem de imprimir no trabalho sem custo, sempre que ia visitar o marido, levava os que podia, mas lá, vou ter de gerir os que vou imprimir. Há imensos sites para poder imprimir, mais tarde faço um post com os links.
Assim imprimi já uns quantos e como não tenho aqui a bolsa que uso lá (está lá com o marido), já dividi em categorias, dentro das categorias por marcas e valores.
Fiz vários montinhos com a seguinte categorização:
- Bolachas
- Carnes
- Mercearia diversa
- Chocolates
- Bebidas
- Congelados
- Gelados
- Vegetais
- Iogurtes
- Manteigas, Ovos e Leites
- Queijos
- Comidas rápidas
- Higiene do Lar
- Higiene Individual

Se me perguntarem quantos vales tenho, não sei dizer, se me perguntarem quanto dinheiro isto representa, também não sei, desta vez não me apeteceu nem tive tempo para contar, mas em geral ronda os 300€, embora saiba de antemão que não os usarei todos.


Lá há também várias aplicações para Android que permitem receber os reembolsos por Paypal, deixo-vos aqui, as que uso e adoro:

PRIXING

SHOP REDÚC


Uso também esta para consulta de descontos:


E para consulta dos Catálogos em vigor as seguintes:

BONIAL

CATALOGUES PROMO (esta é fantástica!)



Muito mais há a dizer sobre este mundo de poupanças em França e eu tenho noção que ainda nem descobri metade do que posso lá fazer...





terça-feira, 7 de julho de 2015

Mais organizações e Countdown a todo o Vapor

Agora sim, ando em stress com a partida...

Olho para tudo o que tenho arrumado, na sala e à espera de ir e fico a pensar se vou conseguir enfiar tudo no carro, mesmo com a bagageira...

E se no inicio tinha tudo organizado por tipos de coisas, por exemplo, roupa minha e do filhote, a páginas tantas, já está tudo misturado e quando lá chegar e quando começar a arrumar, vai ser a confusão total, mas isso é um mal menor, desde que consiga levar tudo!

Ainda por resolver tenho 2 questões importantes:

- Inspecção do carro, passei lá há pouco e estava caótico, a ver se passo lá daqui a pouco;
- Ter a oficialização da escolaridade do Gil (tem sido um filme, mas depois explico).


Aguardo ainda a alteração da potência do contador da luz, que era para ser hoje mas ninguém me explicou que a potência mínima, implicava não poder ter nenhuma máquina ligada. E com quem eu falei ontem, pediu a alteração para o mínimo e o senhor que veio hoje, disse que esta potência dá para as luzes e pouco mais... pronto, amanhã vêm colocar a potência correcta.


Coisas tratadas:

- Discos, pastilhas e óleo do carro mudados, e também foi polido, graças aos meus pais que são uns queridos e trataram dessa questão e enquanto isso, andei com o carro do pai;
- Barras da Bagageira colocadas no carro;
- Seguro dentário anulado;
- Facturas electrónicas de vários serviços tratadas.


Acham que isto caberá tudo na mala bagageira? :/


sexta-feira, 3 de julho de 2015

A dor de partir...

Estes dias tem sido ocupados a tratar de coisas em falta. A lista de afazeres vai ficando reduzida e o aproximar da hora da partida, trás consigo alguma angústia por ter de partir e deixar para trás tanta coisa e tanta gente.

Voltei a ter um jantar com colegas da primária, para rever os que tinha revisto há cerca de um mês e reencontrar outros tantos. Sei que nos próximos, agora que o grupo se reuniu e há expectativas de se reunir mais vezes, será difícil estar presente.

Tenho passado mais tempo com os meus pais, o que por um lado é bom, por outro torna a partida mais dolorosa.

Hoje despedi-me do meu irmão, que vai de férias e não foi nada fácil... 

As despedidas com o marido, nunca foram fáceis, com excepção da última, que, por sabermos que iria em breve, foi menos penosa.

E pronto, estou feliz por voltar a reunir a minha família, ir para junto do homem que amo e levar o nosso filho para essa união, após tanto tempo de separação, mas triste porque agora haverá outras separações que também me pesam... e nada disto é fácil... 


terça-feira, 23 de junho de 2015

Afazeres efectuados

Hoje dei mais andamento a algumas coisas:

- Consulta de nutrição no Gym, sendo que a primeira consulta era gratuita, consegui usufruir dela, antes do fim do mês;
- Ir à reunião da escola do garoto;
- Ir à sede de agrupamento, da escola do filhote, pedir o certificado de escolaridade, que leva uma eternidade... a ver vamos, se está pronta a tempo.
- Ir à TMN (quer dizer à actual MEO), pedir um novo cartão de telemóvel, uma vez que se mudar de telemóvel, os novos equipamentos só aceitam cartões micro e este cartão era tão, mas tão antigo que ainda era dos grandes... surpreendentemente já tinha 17 anos e já não era o primeiro!

Como a Embaixada de França, só está aberta de manhã, passo por lá amanhã.

segunda-feira, 22 de junho de 2015

Organizações

Desde que vim para casa as organizações têm sido uma constante, sobretudo ao nível da gestão de roupas. É difícil escolher o que levar e o que deixar... corremos o risco de levar coisas desnecessárias e de não levar coisas úteis.
Roupa de casa já fui levando alguma ao longo dos dois anos. Já pedi ao marido que verifique se levei lençóis de algodão, para o rapazinho... há já umas duas semanas... ainda estou à espera da resposta... :P Se ele não responde, não levo e depois tenho de comprar!

Nos últimos dias, andei de volta das roupas... as minhas estão escolhidas, resta saber se consigo levar tudo. As do filhote tenho de levar tudo o que serve! Também resta saber como... 

Mas hoje, consegui dar andamento a mais coisas essenciais:
- Fui levantar o cartão do cidadão do filhote;
- Lavei a mala bagageira, está prontinha a ir;
- Finalmente localizei as barras para instalação da mala bagageira. A instalação fica a cargo do marido, quando ele vier.

Esta semana tenho a agenda cheia de afazeres. Amanhã tenho uma consulta às 10h, tenho a reunião na escola do filhote, e depois, quero ir à sede do agrupamento buscar o certificado de escolaridade dele e se tiver tempo, ainda vou dar um saltinho à embaixada de França em Portugal.
A par disto, ainda ando a queimar os últimos cartuchos no ginásio (já que na semana passada dediquei-me às organizações e não fui lá uma única vez)... vou ter tantas saudades daquilo! :(


(Imagem tirada da net)

domingo, 21 de junho de 2015

A Importância do Skype

Deparei-me com este artigo:



E reconheço muitas das coisas que são ditas nesta reportagem. É difícil, um casal sobreviver à distância e no meu caso, tinha a vantagem de no nosso namoro já ter havido distância e de já saber como era... mas na altura do namoro, o Skype não era uma constante, mas passávamos horas e horas ao telefone.

Hoje também recorremos ao telefone de vez em quando, mas o Skype é o nosso meio de comunicação privilegiado. Quando o meu marido ficou em França, porque fomos todos lá de férias e apenas eu e o filhote regressámos, para mim foi muito duro, para o filhote aquilo não foi compreensível no imediato. Quando o coloquei na cama, nesse dia, ambos chorámos a ausência do pai.
Com o tempo todos nos habituámos à distância, mas as despedidas nunca foram fáceis e nunca serão... porque parto em breve, mas fica muito de nós, por cá.
E sempre tivemos o objectivo de que ele iria em primeiro, para preparar terreno, para nós. E chegámos a essa fase. Ainda há muitas e muitas batalhas para travar, estamos cientes disso, mas ter a família junta irá ajudar a superar. 

E reconheço tão bem os sentimentos transmitidos naquele artigo, a responsabilidade de ficar com tudo a cargo do meu lado, o sentimento de impotência do lado dele, quando por exemplo tive de ir com o filhote uma vez ao hospital, num dia do pai... 
Nós por cá sentimos o peso de gerir tudo e eu fiz o que pude para não tirar o filhote das rotinas habituais e eles por lá, sentem a solidão e o pesar da ausência e ambos questionamos se vale a pena o sacrifício... mas o caminho é em frente!

sexta-feira, 19 de junho de 2015

Cartão do Cidadão - Parte II

Hoje fui o filhote fazer uma pequena cirurgia no dentista, que queria deixar tratada antes de ir para França, pois ele usa aparelho para corrigir a falta de espaço para os dentes superiores e precisava de fazer uma frenectomia, para que os dentes da frente juntem, também com ajuda do aparelho.
Não foi fácil para ele e para mim também não, mas a sorte é que eles recuperam depressa e agora já se sente bem melhor, resta saber se quando eu tiver de ir lavar-lhe os dentes e a aquela zona ele vai reagir bem...

Mas a boa surpresa do dia, é que ao regressarmos a casa, passei pela caixa do correio e já lá tinha o postal para levar o cartão do cidadão dele! Fiquei agradavelmente surpreendida pela rapidez deles! Tinha perguntado se estavam a demorar disseram que não, mas que o prazo exacto era impossível de darem, no máximo dos máximos, 2 semanas, mas que se em 4 semanas não recebesse, que lá fosse. Mas já que foram tão rápidos e não pedi com urgência (devia demorar o mesmo), há que dizer que são eficientes!